sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Série Pecados Capitais - A Ira



Qualquer passo, qualquer movimento, qualquer palavra. Lá ela está escondida procurando nossa mente, nosso corpo, tentando nos escravizar. Até que ela consegue e sobe por nossa nuca, domina nossos pensamentos.
Uma forte dor em algum lugar que não sabemos onde fica acelera nosso coração, modifica nosso equilíbrio.
Assim não sabemos o que fazemos, mudamos nossas opiniões, nossa capacidade de julgamento; mas é algo que não podemos perceber.
Cometemos loucuras, coisas que jamais praticaríamos, que jamais apoiaríamos.
É quando vem aquela sede, a pior e a mais maldita de todas: a sede pelo meu próprio sangue; a sede por vingança, provocando mudanças irreparáveis que modificarão nossa vida.
Mas eu escrevo pecados, não tragédias!

Nenhum comentário: