terça-feira, 30 de abril de 2013

O real medo



Era um dia como qualquer outro, eu estava selecionando musicas para minha line up de um trabalho do final de semana. Foi quando senti um vento no meu ouvido, uma respiração forte. Fiquei gélida e tremi. Tentava rezar e não conseguia, pois as palavras e versos de todas as orações me fugiam. Corri para o quarto de minha mãe e a acordei. Aquela assustadora respiração me acompanhou. Comecei a chorar enquanto ela rezava. Tremia mais que nunca e chorava. No final de suas orações aquela, ah.. coisa foi embora. Não sei quem ou o quê era, mas sei que olhos me vigiam e almas me procuram.


Nenhum comentário: